Apelidos de políticos

Os políticos sempre dão o que falar na boca do povo. Principalmente quando chega época de eleição, as propagandas se espalham por todo lado.

Os eleitores sempre estão em busca de candidato certo, que luta e trabalha pelo povo, em melhoria de saúde, emprego, educação e de outras melhorias. Mas, nem tudo que eles prometem são cumpridos, ou seja, é ilusão o eleitor acreditar que o político vai fazer tudo que ele prometeu.

Normalmente, aqui no País, os eleitores costumam apelidar alguns políticos. Quando chega a época das eleições, esses apelidos acabam pegando forte. Em geral, quando as eleições são para prefeitos, a oposição batizam o político contrário de apelidos semelhantes a esses, como: Coronel Saruê, Bigodinho de açúcar, Sinhozinho, Dotorzinho, Papai-noel, entre outros.

No Brasil, os apelidos mais populares de políticos, são esses aqui, abaixo:

  • Mentiroso
  • Não faz nada
  • Ladrão
  • Preguiçoso
  • Corrupto
  • Esperto
  • Rato
  • Tratante
  • Bandido
  • Mamão
  • Traidor
  • Prometedor
  • Farinha do mesmo saco
  • Forgado
  • Falso
  • Mamador

Confira agora os apelidos para políticos:

  • Tatu: O político que o povo só ver nas eleições para pedir votos, depois some.
  • O Me Elege de Novo:  É o político que já foi eleito várias vezes e quase não fez nada.
  • O Que Clama no Deserto: É o apelido de político que gosta de usar a tribuna só para se promover.
  • Papai-noel: É o político que compra ou que dar alguma coisa em troca do voto. Que engana o povo igual criança.
  • O Político Incrível Hulk: Trata-se do político que odeia ser criticado ou questionado.
  • O Costa Larga: É o político que tem coragem até de mamar em raposa.
  • O Depressivo: É o político que da uma de coitadinho, que é mais perseguido, vitima. Se acha o mais honesto.
  • O “Tô Devendo”: Espécie muito comum na região.
  • O “Se Faz de Morto”: Esse tipo de político faz raiva a qualquer eleitor.
  • O “Miguelosito”: Espécie não muito rara no meio político.
  • O Mineirinho: Este político só aparece de quatro em quatro anos, quando está se aproximando as eleições.
  • O “Vou Ver”: É o político que antes de você falar, elogiar ou criticar, ele já te interrompe e diz “deixa comigo”.
  • O “Tudo Promete”: Totalmente comum no cenário da política.
  • Não me toque: É aquele político que pega na mão do eleitor  e depois lava com água e sabão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *